Para gostar de ler!

Fonte: Brasil Post

Quem lê muito fala melhor, pensa melhor, escreve melhor e se torna mais bem sucedido”, afirma Miriam Leitão, jornalista, escritora e apaixonada por livros desde criança .

A leitura é uma espécie de musculação para o cérebro”, afirma.

O livro pode ser de papel (que é uma delícia) ou um livro digital, apenas leia..vai lhe fazer muito bem !

Algumas dicas publicadas aqui podem ser importantes para você que ainda não tem o hábito da leitura.

Outras delas você encontra no Brasil Post.

– Que tal começar por séries?

Como o final de um livro instiga o começo do próximo volume, você não vai ter vontade de parar de ler. 😉

– Descubra seu gênero preferido

Converse com amigos para saber o que estão lendo e veja quais assuntos mais interessam a você.

– Dê uma chace aos best-sellers

Geralmente, eles têm apelo mais abrangente e isso significa que as chances de você gostar são maiores.

– Leia trechos para ver se gosta do estilo de narrativa

Baixe capítulos grátis de e-books para escolher os que mais têm a ver com você.

– Comece por textos curtos

Se não gosta de ler coisas extensas, procure revistas ou jornais que trazem crônicas, contos…

– Leia um pouquinho todos os dias

Com o tempo, você vai criando o hábito e quando perceber vai estar lendo por horas.

– Fique longe de distrações

Ficou inspirado? Encontramos no site IBA diversas indicações de livros que podem estimular o inicio da sua leitura, confira todas AQUI!

O cortiço, de Aluísio Azevedo

 

Constituindo-se em um dos melhores retratos do Brasil do fim do Segundo Império, a obra recria a realidade dos agrupamentos humanos sujeitos à influência da raça, do meio e do momento histórico.

 

Os sertões, de Euclídes da Cunha

os_sert_es

 

Depois de presenciar a Guerra de Canudos (1896-1897) como correspondente, Euclides da Cunha escreveu um dos maiores livros nacionais, que pertence, ao mesmo tempo, à prosa científica e à prosa artística.

 

Millôr definitivo, de Millôr Fernandes

millor4livros

Em 5.142 frases, temos uma mostra da produção de mais de meio século deste que é um dos maiores intelectuais brasileiros de todos os tempos.

 

Lolita, de Vladimir Nabokov

n58389

A obra é uma das mais importantes do século XX e narra o amor obsessivo de um cínico intelectual de meia-idade por Lolita, que tem 12 anos.

 

Os dez dias que abalaram o mundo, de John Reed

dez-dias-que-abalaram-o-mundo

O livro é não só um testemunho vivo, narrado no calor dos acontecimentos da Petrogrado nos dias da Revolução Russa de 1917, como também a obra que inaugura a grande reportagem no jornalismo moderno.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s