Damien Hirst na TATE

 

Se você não está associando o nome á pessoa, provavelmente vai saber quem é esse artista apenas de olhar suas obras. Na década de 90, apareceu no circuito de artes como o líder dos “Young British Artists” (ou YBAs), Jovens Artistas Britânicos, sendo reconhecido então internacionalmente.

Logo no início da sua carreira conquistou a atenção do importante colecionador de artes Charles Saatchi, que foi responsável pela sua rápida ascensão no mundo das artes, porém desavenças fizeram com que se separassem em 2003.

O tema central de sua obra é a morte, por esse motivo seu trabalho foi sempre rodeado de grandes polêmicas. Em Nova Iorque , sua exposição foi proibida pelas autoridades pois entre as obras a serem expostas estavam um touro e uma vaca flutuando no formol.

Estas obras fazem parte da série mais conhecida do artista , Natural History, que ainda conta com outros animais mortos, como por exemplo um tubarão e uma ovelha, que por vezes estão apenas conservados no formol, outras cortados ao meio.

O seu trabalho mais icónico e polémico, The Physical Impossibility Of Death In the Mind Of Someone Living (Impossibilidade física da morte na mente de alguém vivo), um enorme tubarão tigre numa vitrina cheia de formaldeído, foi vendido em 2004 como a segunda obra mais cara de um artista em vida (depois de Jasper Johns), rondando os dez milhões de dólares.

Esses e outros trabalhos do artista poderão ser vistos na exposição organizada pela TATE com abertura dia 04 de abril, se estiver por Londres não deixe de visitar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s