URBE-Mostra de Arte Pública.

Ontem durante seu aniversário, a cidade recebeu diversos prêmios. Foram shows, apresentacões de arte na rua rua, teatro e projeções nos grande prédios do centro (foi lindo!)

E depois de presentear a cidade o CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) presenteia você!

 Workshops gratuitos serão ministrados pelos artistas envolvidos no projeto URBE – Mostra de Arte Pública.

Para ver mais fotos, clique aqui 

Se liga na programação:

26/01, 17h00 às 19h00

VIDEO MAPPING

Artista: Urbanscreen

Capacidade: 20

workshop será realizado por Jonas Wiese e Moritz Horn, diretores de arte que criaram a projeção para a fachada da prefeitura para o URBE, e Till Botterweck, um dos fundadores do Urbanscreen. Em relação aos temas “site-specific” e “identidade do lugar”, os participantes terão uma visão sobre o trabalho do coletivo.

26/01, 19h15 às 21h15

LIGHT PAINTING

Artista: Felipe Sztutman

Capacidade: 20 pessoas. Desejável levar câmera fotográfica própria. Desejável o uso de roupas escuras no dia do workshop (não obrigatório).

Felipe Sztutman, que já realizou a oficina “O Espaço como Protagonista do Discurso Poético” (no LabMIS) sobre a discussão das possibilidades do espaço enquanto suporte para um discurso poético, introduz conceitos da pintura com luz (light painting), técnica que nos permite desenhar com luz em um ambiente, possibilitando registrar o movimento e trajeto da fonte luminosa, obtendo diferentes resultados de acordo com a fonte luminosa e o uso do espaço que o participante fizer.

27/01, 15h00 às 20h00

INTERVENÇÃO URBANA

Artista: DOMA

Capacidade: 40 pessoas

A ideia do workshop é introduzir a linguagem da intervenção em espaços públicos e viver a experiência em busca da reflexão e o estranhamento da realidade urbana, utilizando o contexto como suporte. Entendendo suas formas e cores da maneira que a intervenção tenha um papel de destaque, de camuflagem, de ironia, tendo como objetivo a modificação do espaço original.

Roteiro do workshop:

Teórico (45 min)

História e referência do fenômeno, exemplos e caminhos possíveis, habilidades e visões conceituais. Projeção de referências históricas e contemporâneas.

Atividade prática  (15 min)

Em grupos de 5 pessoas, os participantes devem encontrar um espaço público nas proximidades do CCBB e planejar uma intervenção simples, a partir de um conceito original, e realizar um registro fotográfico da obra.

Produção das Intervenções  (3 horas)

Encerramento/ Apresentação  ( 1 hora)

28/01, 15h00 às 19h00

VISUALIZAÇÃO DE DADOS NO VVVV

Artista: ZOOMB

Capacidade: 20 pessoas. Participantes devem levar laptop com o sistema operacionalWindows.

Essa oficina é direcionada a artistas visuais, músicos e interessados em criar uma ferramenta para visualização gráfica de dados. VVVV.org é um ambiente de programação gráfica para criação de projetos multimídia. A visualização de dados no VVVV é uma oficina que visa apresentar de maneira prática como criar uma regra gráfica para visualizar dados em tempo real oriundos de uma tabela estática ou dinâmica. O objetivo dessa oficina é possibilitar aos participantes um primeiro contato com a ferramenta VVVV e criar sua própria estrutura gráfica para visualizar dados, que podem ser obtidos por uma infinidade de meios: tabelas, audio, vídeo ou sensores. A grade de programação inclui: introdução ao VVVV, história e instalação; o que são dados e o que é uma tabela; como adquirir dados; como processar esses dados; como criar uma regra gráfica para esses dados e como apresentar em tempo real essa transcodificação de dados em um ambiente gráfico. Essa oficina será realizada em sala de aula com computadores, projetores, microfones, câmeras de vídeo e sensores e ministrada pelo artista Caio Fazolin, do coletivo ZoomB que pesquisa e desenvolve projetos na plataforma VVVV há mais de 5 anos. Caio é artista multimídia, começou sua carreira como VJ e hoje desenvolve trabalhos que discutem as relações entre arte e tecnologia. Já ministrou cursos e oficinas dos seguintes temas: Vjing, Video Mapping, Video Cenários, Video Instalações, Introdução à Programação Lógica para Artistas.

29/01/12, 17h00 às 19h00

O PIXO SP

Artista: GOMA Oficina

Capacidade: 40 pessoas. Desejável levar câmera fotográfica própria ( não obrigatório)

A primeira parte do workshop realizado pelo Coletivo GOMA OFICINA, que realiza projetos de intervenção urbana, arquitetura, cenografia e multimídia, consistirá em uma introdução e contextualização do tema pixação. A segunda parte envolverá um passeio pela região central da cidade, com a distribuição para os participantes de um mapa com os locais onde é possível constatar alguns pixos. A ideia é fazer um roteiro fotográfico do pixo, onde os participantes poderão identificar e estabelecer seu próprio olhar sobre o tema.

Todos os workshops acontecem no CCBB SP, e a participação será garantida mediante a retirada de senha 1 hora antes do evento, na bilheteria do Centro Cultural Banco do Brasil.

Serviço:

Local: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo (Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – SP)

Inscrições: Senhas devem ser retiradas na bilheteria do CCBB na data do workshop, com uma hora de antecedência. Entrada franca.

Classificação: a partir de 12 anos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s